Agenda

História Social em Registros Paroquiais - Lançamento

História Social em Registros Paroquiais Sul-Sudeste do Brasil
Séculos XVIII-XIX)
Organizadores: Roberto Guedes e João Fragoso
Editora: Mauad X
Número de páginas: 184

Esta obra demonstra a força das relações entre compadres e comadres, entre outras relações familiares e parentais, em sociedades do passado colonial e imperial do Brasil: favoreciam alforrias de crianças, uniam grupos políticos, permitiam a sobrevivência de famílias, mudavam a “cor da pele” das pessoas, etc. Tudo registrado em livros paroquiais de batismo, casamento e óbito em épocas sem registros civis. Pesquisando esses documentos, História social em registros paroquiais (Sul-Sudeste do Brasil, séculos XVIII-XIX) transforma repetitivos registros paroquiais em experiências de vida diversas.

João Fragoso é professor titular de Teoria da História da Universidade Federal do Rio de Janeiro, atuando nas áreas de História do Brasil (séculos XVII-XIX) e História Moderna. Organizou, com Maria de Fátima Gouvêa, a coleção O Brasil Colonial, em três volumes (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014). É coorganizador de Arquivos paroquiais e história social na América lusa, séculos XVII e XVIII, publicado pela Mauad (2014).

Roberto Guedes é professor de História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, atuando nas áreas de História do Brasil (séculos XVII-XIX) e História da África angolana (século XVIII). É autor de Egressos do cativeiro: trabalho, família, aliança e mobilidade social (2008), organizador de África: brasileiros e portugueses, séculos XVI-XIX (2013), coorganizador de Arquivos paroquiais e história social na América lusa, séculos XVII e XVIII (2014) e de Últimas Vontades: testamento, sociedade e cultura na América ibérica (2015), publicados pela Mauad.

« anteriorpróxima »